Utilizando os jogos pedagógicos no ensino da matemática

Dias 27 de abril 2019

Faça sua inscrição aqui

A inclusão da pessoa com deficiência é um direito conquistado por este importante segmento da população a partir de muita luta, medidas administrativas, legislativas, judiciais e políticas públicas. Mas a inclusão de alunos com deficiência no ensino regular tem sido discussão entre muitos professores, pois em geral, estes dizem que não receberam em seus currículos de formação, preparo adequado para trabalhar com estes alunos. Por isso uma intervenção pedagógica, por via de jogos, é benéfica à construção de conhecimento matemático das crianças, sejam elas ouvintes ou surdas.exigência do setor.

  1. Objetivo
    1. Objetivo Geral: Capacitar os participantes com conhecimento prático e teórico, de maneira que possam
      utilizar os jogos pedagógicos nas aulas de matemática com formação para atenderem a diversidade
      escolar.
    2. Objetivos Específicos:
      1. Conhecer a política nacional de educação especial na perspectiva inclusiva.
      2. Contribuir para a compreensão do conceito dos jogos pedagógicos e as possibilidades de
        aplicação no ensino da matemática.
      3. Capacitar o participante a utilizar os jogos pedagógicos nas aulas de matemática.
  2. Conteúdo programático
    1. Conceitos Básicos da inclusão:
      1. Políticas públicas de inclusão e acessibilidade educacional
      2. Legislação;
      3. Deficiências;
    2. Conhecendo alguns jogos pedagógicos:
      1. Tangram;
      2. Material Montessori;
      3. Escala Cuisinare;
      4. Blocos lógicos
    3. Prática:
      1. Atividades práticas com uso de jogos pedagógicos na matemática.
  3. Coordenação
    1. Nome do professor: Verônica Pereira Moreira
      Titulação: Graduada em Matemática e Mestre em Matemática Aplicada à Computação Científica.
      Descrição de sua experiência acadêmica e profissional: Experiência de mais de 15 anos no ensino superior lecionando disciplinas de matemática básica, matemática financeira e estatística para os cursos de administração, ciências contábeis e engenharias. Atua como pesquisadora no grupo de pesquisas de
      Etnomatemática do programa de Pós-Graduação em Educação da UFF. É professora da Faculdade
      Paraíso – Grupo Lusófona nos cursos de: Administração, Turismo e Logística nas disciplinas de
      matemática básica e matemática financeira. Também atua como professora de matemática e física no
      ensino médio há mais de 14 anos na Secretaria de Estado de Educação – SEEDUC RJ.
      Nome do professor: Angela Maria de Sousa e Silva
      Titulação: Graduada em Pedagogia e Mestre em Educação pela Universidade Del Salvador na Argentina. Especialista em Dificuldade de Aprendizagem: Prevenção e reeducação pela UERJ (2007).
      Psicopedagogia pela UNIPLI (2008), Educação Infantil pela FACNEC (2017) e Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica pela AVM (2015).
      Descrição de sua experiência profissional: Atua como pesquisadora no grupo de pesquisas de Etnomatemática do programa de Pós-Graduação em Educação GETUFF e no grupo de Políticas públicas
      NUGEPPE na UFF. Servidora Pública na Prefeitura Municipal de Itaboraí, como Orientadora Educacional e na Prefeitura de São Gonçalo como professora de Apoio Especializado atuando no Atendimento Educacional Especializado em Sala de Recursos Multifuncionais. Possui 23 anos de experiência na área de Educação com ênfase em educação inclusiva e alfabetização. Atua como professora da disciplina de Educação Especial na UNIVERSO em turmas de pós-graduação. Possui inúmeras formações em educação inclusiva, entre elas AEE em deficiência visual, Braile, AEE para surdos e Libras.
    2. Nome do professor: Verônica Pereira Moreira
      Titulação: Graduada em Matemática e Mestre em Matemática Aplicada à Computação Científica.
      Descrição de sua experiência acadêmica e profissional: Experiência de mais de 15 anos no ensino superior lecionando disciplinas de matemática básica, matemática financeira e estatística para os cursos de administração, ciências contábeis e engenharias. Atua como pesquisadora no grupo de pesquisas de Etnomatemática do programa de Pós-Graduação em Educação da UFF. É professora da Faculdade
      Paraíso – Grupo Lusófona nos cursos de: Administração, Turismo e Logística nas disciplinas de matemática básica e matemática financeira. Também atua como professora de matemática e física no
      ensino médio há mais de 14 anos na Secretaria de Estado de Educação – SEEDUC RJ.
  4. Público-Alvo
    1. Estudantes das áreas de pedagogia, matemática e/ou profissionais de educação que desejam conhecer
      e/ou aprofundar conhecimentos sobre inclusão escolar.
  5. Carga horária e investimento
    1. Carga horária Total: 8 horas.
    2. Investimento: R$ 80,00 com desconto de 10% para alunos e ex-alunos da FAMATH.
  6. Período e periodicidade
    1. Dia 27 de abril de 2019. Período: 08:00 às 17:00 h
  7. Metodologia 
    1. A aula será expositiva e dialogada com o auxilio de slides confeccionados com recursos do PowerPoint.
      Será disponibilizado material didático para o desenvolvimento das atividades teóricas e práticas sobre
      jogos pedagógicos no ensino da matemática.
  8. Critério de seleção
    1. Critério de seleção:
      Não há critérios de seleção.