Ouvidoria

FAMATH_OUVIDORIAHISTÓRIA E ORIGEM DA OUVIDORIA

A figura do Ouvidor faz parte da História do Brasil, desde os tempos do Vice-Reinado, quando aos bispos cabia o papel de interlocutores junto ao trono, o que se encontra na origem da expressão: “Vá reclamar com o bispo”, até hoje empregada no folclore popular. Na Bahia e depois no Rio de Janeiro apareceram os primeiros Ouvidores de que se tem notícia em terras brasileiras. A Instituição do Ombudsman vem da Suécia, com a promulgação da Constituição de 1809, vinte anos após a Declaração Francesa dos Direitos do Homem e do Cidadão. Sob um outro nome, o fato é que o cargo Ouvidor/Ombudsman ganhou força no Brasil a partir da década de 50 passando a exercer atividades de ouvidoria como as que conhecemos hoje, entretanto, a Ouvidoria Universitária que caracteriza uma vertente específica de atuação, é recente. A primeira Ouvidoria Universitária instalada no Brasil foi em 1992 na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). No cenário mundial, as primeiras ouvidorias universitárias surgiram no Canadá, em 1965, na Universidade Simón Froser, nos Estados Unidos, em 1967, na Universidade Estadual de Nova York, e, também, na Universidade de Berkeley. Mas somente em 1985 tivemos a criação, na América do Sul, de sua primeira Ouvidoria universitária: a da Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Na seqüência, foram criadas Ouvidorias em várias universidades com inspiração e características bastante diversificadas em termos de interferências sócio-culturais.

Um Pouco Mais Sobre a Ouvidoria

A Ouvidoria é um espaço de acolhida e escuta de toda comunidade universitária. É um setor autônomo que quer ser o “canal de participação” no conjunto das instâncias universitárias, atuando com transparência. Neste contexto observa-se solicitações de orientações e informações, reclamações, críticas e comentários, sugestões, elogios, denúncias, entre outras manifestações.

Como um termômetro, a ouvidoria, portanto, pretende detectar o que acontece “no clima” organizacional para atuar na prevenção de conflitos. Como ferramenta coletiva, quer favorecer o diálogo intenso e transparente. Como canal pró-ativo, quer buscar a melhor solução para os problemas que envolvam as pessoas e os mecanismos institucionais, primando pelo respeito e pela qualidade de vida de todos. Quem critica se dispõe a mudar e colaborar na mudança. O critério principal da Ouvidoria é o humanismo e a valorização plena da Universidade e de seus colaboradores.

• Av. Visconde do Rio Branco, 869 . São Domingos . Niterói . RJ
• Tel: 55 21 2707-3500 / 2707-3520 /
• 0800-2820890

Daniel de Oliveira Santos
ouvidoria@famath.com.br

Deixe sua mensagem

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

VEST FAMATH 2017_2